fbpx

BRAZIL

2021 EDITION

Registrations open!
Until August 15th

What's up?

Who organizes?

Alice Abreu

Líder

Digital Games Technologist, currently Alice is working as a game developer at Aquiris. She loves to study about the history of women in computing and in her spare time give talks about the subject at universities and events.

Ana Antar

Líder

Ana Antar is co-founder and project manager at ERA Game Studio, the company responsible for creating the first live game of the world. She is national organizer of Women Game Jam in Brazil. Theatrical director undergraduated by UFBA, graduate degree in Game Design by UNEB.

Lizy Novo

Líder

Project Manager and sound technic. Student of game development, graphic design and Japanese. She adores a GGJ. She loves cats, rain, white chocolate, bitter coffee and cold beer. Fan of crime shows, coop games and puzzle, metal and other random songs.

Renata Rapyo

Líder

International Producer of Women Game Jam. She started working with games in 2018 and fell in love with the infinite possibilities that exist in this universe. Since then she has focused her games on diversity and tries to empower more women around the world to participate in this journey of creation too.

Anny Caroline

Entrepreneur in AR mobile games at Iná Game Studio, founder of DevGirls Games, is a Digital Games Technology graduate from IFRJ and works as QA Intern at Gazeus Games.

Carolina Scoponi

Degree in Audiovisual, fiction narrative lover. Enthusiast of learning by sharing. Graduate student in Democratic City Management, she believes that careers are an invention of the XXI century, and she does not need one.

Cristiane Jade

Game Producer at Garage 227 and WGJ organizer. Graduated in Game Development at Fatec Carapicuiba college. She constantly does volunteer work, mentoring, workshops, and lectures, contributing a lot to the gaming and education industries.tria de games e educação.

Fernanda Shimada

23 years old, solo developer, specialized in game design and Pixel Art.

Giovanna Lopes

3D artist trained in Digital Games. Animation fan and also an artisan who loves cats, mouses, dark chocolate and cold.

Jeanine Adler

Producer and Global Organizer at Game Jam Plus, Organizer at Women Game Jam, and volunteer Community Manager at Women Tech Makers

Luísa Cecília Pinto

Game Producer, passionate about playing, making games and participating in game jams. Graduated in Audiovisual Production and Post-graduated in Digital Game Development at PUCRS. Part of the organizing team for Women Game Jam in Rio Grande do Sul.

Mariana Maciel

Game Designer, moonlights as a scary stories writer.

What the WGJ represents
to you?

Slide1

Representa uma oportunidade de criar/de oferecer um ambiente de aprendizado e colaboração para que mulheres possam entrar ou se sentir mais confiantes, ou iniciar a fazer jogos.

Alice
Slide2

Um espaço de mudança, acolhimento, fortalecimento e empoderamento da comunidade dev, sobretudo para mulheres e meninas que querem ingressar na área. A Women Game Jam é uma real possibilidade de tornar o cenário dev mais diverso e acolhedor.

Ana
Slide3

A women game jam potencializa as oportunidades para mulheres na indústria de games. É um espaço de troca, afeto e network muito incrível.

Anny Caroline
Slide4

Todo esse compartilhamento entre mulheres de vários lugares trabalhando juntas em construir algo me deixa muito feliz! Os dois pilares que definem as experiências que eu busco para minha vida são: explorar e conectar. E eu acho que a WGJ é um evento que permite e incentiva isso na comunidade de gamedevs.

Carolina
Slide5

Muito mais que uma comunidade de mulheres, é o futuro da industria de games.

Cristiane Jade
Slide06

Para mim, a WGJ é um espaço diverso para conversar e compartilhar ideias com outras desenvolvedoras de forma segura, onde eu sei que irei ser escutada independente das circunstâncias.

Fernanda Shimada
Slide07

A WGJ foi meu primeiro contato com Jams, foi onde me senti segura para tentar sem medo de errar, sem medo de dar minha opinião e ser eu mesma. Foi meu portal de entrada para um mundo novo, aquele mundo que sempre sonhei, cheio de pessoas que se respeitam, se apoiam e cuidam uma das outras. Hoje vejo a WGJ como um espaço de autoconhecimento, cheio de desafios e recompensas, onde a gente pode encontrar aquele grupo super divertido que faz acontecer e que esquenta nosso coração.

Giovanna Lopes
Slide08

A WGJ é um desafio constante que tem me feito realmente assumir responsabilidades, aprender e amadurecer na carreira de games.

Jeanine
Slide09

A Women Game Jam para mim é um lugar de união. É onde as mulheres e pessoas não binárias percebem que estamos em maior quantidade do que pensamos no mercado de desenvolvimento e que podemos apoiar outras pessoas desse nicho a seguirem nossas profissões.

Lizy
Slide10

A Women Game Jam é uma oportunidade de alavancar sonhos. Enquanto nos conectamos com outras pessoas com o mesmo objetivo de fazer jogos em um ambiente cheio de representatividade e inclusividade.

Luísa Cecília Pinto
Slide11

Um lugar onde todos podem aprender que conseguem e merecem se expressar através de qualquer mídia.

Mariana
Slide12

Para mim a WGJ foi uma experiência transformadora. Desde que participei da edição de 2018 eu percebi que queria fazer parte da construção e expansão do evento. Eu quero que mais mulheres ao redor do mundo tenham a possibilidade de viver a experiência que eu vivi no evento.

Renata

Co-organizers

Local Sponsors

Local Partners

Any Question?

We have prepared answers to the most frequently asked questions regarding WGJ. But if you can’t find what you need, email us on 
womengamejambr@gmail.com

Find Us on Social Media

© 2021 Women Game Jam – All Rights Reserved